quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Coisas que eu descobri

Descobri que:
- Uma idéia boa simplesmente surge. E isso pode acontecer durante os 5 primeiros minutos depois de receber o briefing, ou na madrugada que antecede a reunião com o cliente;
- Atendimento não sabe fazer briefing;
- Atendimento é bipolar;
- Caras de atendimento são seres irritantemente sociáveis;
- Apresente a idéia pronta ao atendimento;
- Um conceito ótimo pode ser bloqueado pelo atendimento e depois ser adorado pelo mesmo atendimento;
- Nunca uma idéia boa sai numa rodada de brainstorm. É igual Happy Hour. Quanto mais cerveja, mais besteira sai, melhor fica;
- Para alguns, target é apenas uma frescurinha. Um detalhe qualquer do briefing;
- Sair da agência e alguém te ligar pedindo pra voltar gera um sentimento de ódio profundo;
- Alguns (lêia-se "alguns") diretores de arte possuem um distúrbio chamado: déficit de leitura. Todas as letrinhas precisam vir acompanhadas das imagenzinhas. E as letrinhas devem estar certinhas. Ah! eu prezo pelas letrinhas;
- Não deixe um redator encostar num photoshop;
- Ao contrário do que muitos pensam, escrever não é apenas juntar algumas palavrinhas e concluir com um ponto-final;
- Depois do chocolate, dicionário de sinônimo e antônimo é uma ótima invenção (acredita que "menstruação" também é sinônimo para "incômodo"?);
- Se você é mulher, feminista, adepta a queima do sutiã e trabalha numa agência de propaganda, prepare-se. Você terá que ouvir coisas como: "Vamos colocar a gostosona da Juliana Paes na campanha", ou "O produto nessa campanha será a mulher";
- Falta de objetividade gera re-trabalho;
- Publicitário trabalha mais no re-trabalho, do que no trabalho. Afinal, são vários re-trabalhos;
- Cliente adora re-trabalho;
- Os re-trabalhos, muitas vezes, poderiam ter sido evitados;
- Revisão não é trabalho de redator. Mesmo assim: "tá mt ocupada? Você revisa isso aqui?";
- Planejamento é importante;
- Donos de agências gostam de títulos;
- Você se fode em início de carreira;
- O salário é baixo;
- Tem gente que consegue ganhar menos que você;
- O estacionamento é caro;
- A comida também;
- Agência de propaganda nunca fica em bairro pobre. Mas sempre tem aquela velha padoca pra te ajudar;
- Não segure o crachá no elevador, principalmente quando você sair 01 da manhã da agência. O sono inibe alguns reflexos. Ele pode cair no poço. (é, aconteceu comigo);
- Depois de trabalhar de madrugada e chegar ao meio-dia (mais do que de direito), você ainda vai ouvir piadinhas como: "chegando a essa hora?!";
- Clichês vão continuar a exister;
- Existem pessoas que moram em agências de propaganda. Você chega, elas estão lá. Você vai embora, elas continuam lá;

E por fim...
- Poderia ganhar muito mais dinheiro trabalhando com Marketing e ainda sairia no horário.

Isso que dá correr atrás dos sonhos.

5 comentários:

Gabriel disse...

Oi...
Gostaria de deixar bem claro que você acabou de iluminar minhas idéias...estava prestes a escolher a profissão de publicitário..mas agora serei engenheiro químico...
Obrigado Veronica

Ass.: Um quase publicitário!!

mari disse...

Acabei de ter deja vu, e não foram bons. Quero MUNDO COORPORATIVO mesmo que isso signifique trabalhando com coisas chatas e rotinas chatas, quero salário e horário decente.

Sartre disse...

- Agência de propaganda nunca fica em bairro pobre. Mas sempre tem aquela velha padoca pra te ajudar;

--> VERDADE incontestável!

Sartre disse...

- Planejamento é importante;

--> Diga isto às agências, elas não sabem!

Tatiana Yuri disse...

"Atendimento é bipolar" hahaha
Vê, excelente! Parabéns!
Beijos
tate